travesseiro
como viver bem com o tempo seco
Bem Estar

6 dicas para viver melhor com o tempo seco

O tempo seco é uma característica do inverno brasileiro. Porém, este ano, a baixa umidade relativa do ar, somada às altas na temperatura, têm preocupado os especialistas.

Em alguns estados, o índice de umidade chegou a marcar apenas 12%, o que já se caracteriza por situação de emergência. Para efeito de comparação, o índice recomendado para o conforto humano é de 60%.

Veja como dormir bem no inverno

Esta situação é causada pela falta de chuva prolongada, a passagem do ar frio de origem polar e o aquecimento do ar. Tudo isso é consequência da atuação do homem no meio ambiente, com a ocupação desenfreada e o desmatamento.

O que fazer para amenizar os efeitos do tempo seco?

1 - Beba muita água

Se você está com sede, beba água. Se não está, beba água também. A quantidade diária de líquido varia de acordo com o indivíduo.

De acordo com a nutricionista Adriana Lúcia Ávila, uma pessoa de 45 kg deve tomar 1,5 litros de água por dia (o equivalente a 7 ou 8 copos) e uma pessoa de 80 kg deve tomar 2,8 litros de água por dia (aproximadamente 14 copos). Lembrando que a água não pode ser substituída por outros líquidos como chás, sucos, refrigerantes etc.

A dica é sempre levar uma garrafinha com você, para não ficar sem ingerir água durante muito tempo.

2 - Alimente-se saudavelmente

Procure evitar alimentos pesados e com muitos condimentos - principalmente o sal, que retêm muito líquido e aumenta a pressão arterial.

É importante consumir frutas, como melão, melancia, laranja, entre outras. Além disso, também invista bastante em saladas ricas em vitaminas e sais minerais.

3 - Procure umidificar o ar

Os aparelhos umidificadores se popularizaram nas últimas décadas. São muitas as opções no mercado, que cumprem bem a sua função. Sem dúvidas, vale o investimento. Porém, é necessário ter alguns cuidados.

Para o Dr. Arnaldo Guilherme B. Tamiso, especialista do Hospital Paulista de Otorrinolaringologia, não devemos utilizar os umidificadores durante longos períodos, tampouco dormir com eles ligados. O excesso de umidade pode causar a proliferação de fungos e bactérias.

O ideal é ligar o aparelho com antecedência de três a quatro horas e, quando for deitar-se, já terá uma situação boa de umidade.

Na falta de um umidificador, a dica é colocar um balde com água no quarto ou uma toalha úmida na janela.

4 - Lubrifique as vias aéreas e os olhos

Para evitar a congestão nasal e reduzir o risco de doenças respiratórias, aplique soro fisiológico nas narinas, algumas vezes ao dia ou sempre que sentir desconforto.

Nos olhos, lance mão de um bom colírio, indicado pelo seu oftalmologista. Além disso, beber muita água e descansar das telas (celulares e computadores) ajudam muito.

5 - Hidrate bem a pele

Use hidratantes específicos para corpo e rosto, ao menos uma vez por dia. Outra dica é evitar banhos muito quentes, para combater o ressecamento da pele.

Utilize também hidratantes labiais, como o bom e velho batom de manteiga de cacau.

6 - Mantenha a limpeza em dia

O tempo seco favorece o acúmulo de poeira, que pode acarretar em alergias e outras doenças respiratórias. Por isso, é importante manter e, talvez, aumentar a frequência da faxina.

A vassoura e/ou o aspirador de pó devem vir acompanhados de um pano úmido, para se extrair partículas menores e ajudar a umedecer o ar.

Dica bônus: Ajude o meio ambiente

A falta de chuva e a onda de calor são consequências do aquecimento global. Assim, se cada um de nós fizer a sua parte, podemos ajudar a reverter este quadro grave.

Mas como? Economizando papel, água e energia elétrica. Além disso, reduza o consumo de plástico e também de carne.

São atitudes simples, mas que somadas e constantes, podem fazer toda a diferença para a nossa qualidade de vida.